9 de abr de 2013

Vá de asa!

 



Bas tarde! Tamo aí de novo chaxando, e agora também em francês. Aceito correções com gratidão! 




Teroias

Teorias são hábitos
unem terroristas
e até melhoram hálitos

Ah Teorias
Todos dias descomprovando sábios



Fachada

Que mentira
essas orelhas
abertas
dizendo
que ouvem


Biografia: Eu, esse pacote de idéias que mija



proxima parada

algo mudou
do ou
tro extremo
do glo
bo

alguém se'ngas
gou no gri
to do
gol

no próximo
voo
sem escalas
sem atraso
novas chegarão



Não haveriam mais assassinos se matassem a todos



entes

Raiz que me fez
por trás já fui reis
já fui serviçais

Atuantes ancestrais
em mim atuais
seis
dez
sete milênios atrás
entre vocês eu andava
desconhecido

Pais de pais de pais de pais
que de países vieram
voaram nadaram correram
de casais em casais casuais
minhas raízes cresceram

Fizeram filho futuro fruto
depois que vieram
que a mim veio o mundo



errante

Dias vêm dias vãos
ando entre desvios
dou e doo desafios

nas ganas
nos enganos
ganho-pãos



Meio feliz
o homem
que só pensa
em meias



Permanência

Sempre estava
mas nunca ia
melhor seria
nunca ir pra
sempre estar



cúmulo

Não como.
Reclamam:
Que cúmulo!

Mas
como
comer
se nada
acumulo?



Vamos trocar de vida
eu entrego a sua
você devolve a minha



Graxa

Logo quando começou a
extravasar graxa pela boca
notaram algo de diferente

Começaram a olhar mais de perto
como um doutor se aproxima
do seu cliente

O óleo, que de princípio ralo,
foi ganhando espessura
diante das vistas

Nem repararam na mudança da cor dos olhos
no diferente ritmo dos passos
a nova altura

a seleção dos amigos
os pelos eriçando feito corvos no campo
nem na mudança da assinatura

A graxa é mais negra
talvez valha mais
talvez fale menos



ESTRELETRAS SOLETRAM TEU NOME


ditame

Vida não é coisa de só
tá mais pra fé
tá mais pra nó

Vida não é coisa qualquer
tá mais pra quem quer
tá mais quiproquó



Talvez fale
demais talvez



Voulovoar

Qu'est-ce que je sens
il n'a pas de sens

Je veux vous
et c'est tout

Mes yeux parlent
ma bouche chuchote
mon corps m'incorpore

et vous
volez avec mon vouloir








Inté